Liguei minha autoclave sem água. E agora, o que fazer?

Ligar a autoclave sem água é, infelizmente, um dos relatos mais comuns que nós da ALT costumamos receber.


Utilizamos a palavra "infelizmente" pois essa ação é uma das principais que colocam em risco sua autoclave e também os materiais dentro do equipamento.


No post a seguir você vai entender os riscos ao esquecer de colocar água na sua máquina e como proceder caso tenha realizado essa ação. Confira!


Qual o problema


As autoclaves são equipamentos que realizam os processos de esterilização dos materiais através do vapor superaquecido.


Isso significa que o procedimento básico da máquina é o de aquecer a temperatura da água até que ela se torne extremamente alta.


Com isso, ambiente dentro dela se torna impossível para a existência de vírus e bactérias.

Porém, a água tem outra função importante neste ambiente.


Ela impede que o ambiente construído dentro da autoclave se torne similar a um forno.

Ou seja, capaz de incinerar os materiais presentes em seu interior.


Quando não há água nos reservatórios da autoclave, não há o que impeça os materiais de serem queimados.


Isso coloca em risco a integridade dos materiais e do seu equipamento, que pode superaquecer, queimar os componentes elétricos e até mesmo iniciar um processo de incêndio (dependendo dos materiais envolvidos nessa ação).


Uma válvula importante


Para reduzir o risco deste tipo de acidente, foi desenvolvido um sensor que avisa quando não há água na câmara da autoclave.



Os sensores estão localizados na parte interna da câmara da autoclave

Quando este sensor indica (através do Led piscando de forma intermitente) ele impede que o ciclo de esterilização seja iniciado, eliminando os riscos de queima ou incêndio.


Entretanto, é comum ver a ausência deste componente em autoclaves mais antigos e de outras marcas.


Por isso, preste muita atenção no manual técnico de sua autoclave e quais componentes ela apresenta.


Liguei minha autoclave sem água. O que faço agora?


Caso sua autoclave seja de um modelo antigo ou de outra marca que não apresente o sensor de ausência de água, o ciclo de esterilização será iniciado normalmente.


Porém, como o equipamento está sem água destilada, todos aqueles problemas citados acima poderão ocorrer.


Assim que você perceber que seu equipamento foi ligado sem água na câmara, pressione no painel de comando, o botão de cancelar o ciclo e verifique se o procedimento foi interrompido.


Confira no painel da sua autoclave o botão para cancelar o ciclo de esterilização.

Independentemente se a autoclave parou ou não o procedimento, aguarde alguns segundos e retire sua autoclave da tomada.


Você somente deverá abrir sua autoclave quando o manômetro indicar que a pressão está zerada.


IMPORTANTE: use apenas água destilada ou deionizada


As autoclaves foram desenvolvidas para utilizarem APENAS água destilada ou deionizada em seus ciclos de esterilização.


A água mineral favorece o processo de entupimento dos dutos e a oxidação da câmara da sua autoclave

Isso acontece porque esse tipo de líquido não apresenta nenhuma substância além da água em sua composição.


Já a água da torneira ou mineral contam com elementos extra em sua composição, tornando possível o bloqueio do orifício de saída do vapor.


Além disso, substâncias como sais minerais e sujeira podem comprometer o processo de esterilização, pois formam bolsas de ar que atrapalham a elevação da temperatura.


Outro problema é que essas substâncias podem danificar os materiais que vão ser esterilizados, e até mesmo oxidar ou agredir o interior da sua autoclave, reduzindo a vida útil do seu equipamento.


Ficou com dúvidas?


Se você ainda ficou com alguma dúvida, entre em contato com nosso departamento técnico. O telefone é o (16) 3969-8300.


Continue acompanhando o blog da ALT para mais informações, assim como nosso Facebook e Instagram

755 visualizações

© 2018 ALT Equipamentos Médicos e Odontológicos.Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Garden Marketing Digital